terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Um Poema para Alguém Ler


Senti algo sobrenatural fluir em mim
Seus olhos me atraiam de tal forma
Como as borboletas são atraídas pelas flores

E ao meio daquela grande multidão
Guiei-me pelos passos do meu coração
E andei compassadamente em sua direção
Chegando perto segurei em suas mãos.

E no tom daquela música que não mais lembro
Cheguei mais perto, me sentir num deserto.
Naquele instante, nossas bocas se tocaram.
Num beijo que jamais provei igual.

 As muitas águas não podem apagar esse amor
Nem os Rios afoga-lo, Nem a areia dos desertos enterrá-lo.
Ainda que haja furacões, os ventos não podem leva-lo.

Não há como não te sentir
Teu cheiro me chama para ti
Não há como não perceber
 Teu perfume em mim

Meus pensamentos permanecem em ti
E na dimensão do infinito, te amo cada vez mais.

Os dias passam horas, minutos segundos.
Os dias passam madrugadas
 Os dias passam tudo passam
Os dias só não passam meu grande amor por ti

Seus olhos atraentes...
Seus beijos inesquecíveis...
Seus abraços suaves...
Me faz te amar infinitamente mais









Nenhum comentário:

Postar um comentário