quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Dicas que ajudam um líder a manter sua equipe motivada


Dicas que ajudam um líder a manter sua equipe motivada


Passadas as festas de final de ano, é hora de voltar ao trabalho. Para os líderes, os desafios continuam os mesmos: atingir metas, cobrar resultados e manter a equipe motivada. Sem pessoas comprometidas e motivadas, dificilmente o gestor conseguirá alcançar o que ele deseja, já que o resultado do seu trabalho está relacionado diretamente com as atividades desenvolvidas pelos funcionários.
 Como ter equipe motivadas?
Mas ter e manter uma equipe motivada não é uma atividade fácil. Para a diretora de Educação Corporativa da Leme Consultoria, Marcia Vespa, as “equipes se tornam motivadas quando há uma clara conexão emocional entre os objetivos pessoais e objetivos organizacionais”.
 Pensando nisso, ela apontou quatro fatores que podem ajudar o líder neste processo. Confira abaixo:
 Tenha as pessoas certas nos lugares certos: profissionais “desencaixados” são sempre um perde-perde a longo prazo. As pessoas devem saber o que a empresa e o líder esperam dela. “Todos temos potencial para alguma coisa. Se você, empresário, se você gestor, for capaz de identificar pessoas que têm o perfil para a função e que vão fazer o que gostam, elas virarão super-homens”.
 Crie um sistema de gestão: uma pessoa não é somente os resultados que ela apresenta. Mas o profissional é medido pelo seu desempenho. Entre os fatores avaliados estão comportamentos que levarão a empresa  a atingir a sua visão; capacidade técnica para vislumbrar a excelência de seus feitos e inovar; a complexidade da função (se estratégica ou tática) e, claro, os resultados, a entrega do colaborador. A implantação de sistemas de gestão de desempenho deve diferenciar pessoas nos quatro elementos apontados acima.
“Se uma gestão de desempenho vier atrelada à remuneração estratégica, sem dúvida será uma excelente forma de descobrir, corrigir, valorizar, e reter talentos”.
 Crie elementos de diferenciação e recompense as diferenças: resultados superiores dependem de uma disciplina chamada execução. Dê foco e reconheça a execução. É preciso entender que pessoas e equipes não nascem prontas e preparadas para enfrentarem com inteligência todos os desafios.
 “É como se a empresa fosse um ser estático e previsível. Cada vez que uma pessoa assume novos desafios seu nível de maturidade cai diante o novo, até que um novo processo de crescimento e evolução seja construído”. Para a especialista, isso é um processo, não um treinamento. Não se pode esperar que pessoas e equipes batam recordes de excelência se as competências necessárias ainda não foram desenvolvidas. Quanto maior a exigência da equipe em termos de resultados, maior deve ser o foco no seu desenvolvimento.
 Se importe de verdade: as pessoas mostram maior interesse em seu trabalho quando as gerências e diretorias apontam interesse nelas. Mostre aos colaboradores que você se importa. Faça com que eles saibam que as suas contribuições são apreciadas. Olhe nos olhos deles e diga isso.
 “São pequenas coisas que têm um impacto tremendo nos resultados e na perpetuação de uma marca, já que nenhuma empresa conseguirá ser maior ou melhor do que as pessoas que ela possui. É difícil trabalhar entusiasticamente por um resultado se as pessoas não sabem qual é esse resultado. É difícil alcançar bons resultados se você não conhecer as aspirações de vida das pessoas. É impossível alcançar bons resultados se você não unir uma coisa com a outra".



Nenhum comentário:

Postar um comentário