quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Organização Racional do Trabalho.Administração Científica

Organização Racional do Trabalho
Análise do trabalho e estudo dos tempos e movimentos: objetivava a isenção de
Movimentos inúteis, para que o operário executasse de forma mais simples e rápida a sua função, estabelecendo um tempo médio, afim de que as atividades fossem feitas em um tempo menor e com qualidade, aumentando a produção de forma eficaz.
Estudo da fadiga humana: a fadiga predispõe o trabalhador à diminuição da produtividade e perda de qualidade, acidentes, doenças e aumento da rotatividade de pessoal.
Divisão do trabalho e especialização do operário, cada um se especializaria e desenvolveria as atividades em que mais tivessem aptidões

Desenho de cargos e tarefas: desenhar cargos é especificar o conteúdo de tarefas de uma função, como executar e as relações com os demais Cargos existentes.
Incentivos salariais e prêmios por produtividade
Condições de trabalho:O conforto do operário e o ambiente físico ganham valor, não porque as pessoas merecessem, mas porque são essenciais
para o ganho de produtividade
Padronização: aplicação de métodos científicos para obter a uniformidade e reduzir custos
Supervisão funcional: os operários são supervisionados por supervisores especializados, e não por uma autoridade centralizada.
Homem econômico: o homem é motivável por recompensas salariais, econômicas.

O princípio do Planejamento: Consiste em substituir o critério individual do operário, a
improvisação e oempirismo por métodos planejados e
testados
O Princípio da preparação dos trabalhadores: Consiste em selecionar cientificamente os trabalhadores de acordo com suas aptidões, prepará-los e treiná-los
para produzirem mais e melhor, de acordo com o método planejado, e em preparar máquinas e equipamentos em um arranjo físico e disposição racional. Pressupõe o
estudo das tarefas ou dos tempos e movimentos e a lei da fadiga.
Princípio de Controle: Consiste em controlar o trabalho para se certificar de que o mesmo está sendo executado de acordo com o método estabelecido e segundo o plano de produção
O Princípio da Execução: Consiste em distribuir distintamente as atribuições e as responsabilidades para que a execução do trabalho seja o mais disciplinado possível.

Princípios Implícitos da Administração Científica
1.Estudar o trabalho dos operários, decompondo em seus movimentos elementares e cronometrado para, após uma análise cuidadosa, eliminar ou reduzir os movimentos
inúteis e racionalizar os movimentos úteis.
2. Estudar cada trabalho antes de fixar o modo como deverá ser executado.
3. Selecionar cientificamente os trabalhadores de acordo com as tarefas que serão atribuídas.
4. Dar aos trabalhadores instruções técnicas sobre o modo de trabalhar, ou seja, treiná-los adequadamente
5.Separar as funções de preparo e de execução, com atribuições precisas e delimitadas.
6. Especializar e treinar os trabalhadores, tanto no preparo e no controle do trabalho quanto a sua execução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário