quarta-feira, 15 de maio de 2013

REENCONTRO

 

Recomeçar de novo, mais uma vez, toda hora e de forma repetida. Tudo isso sem ser redundante, porque assim é o natural ciclo vida, mudando somente com a visita sem hora marcada da morte.

Reinvente-se e prepare-se para recomeçar. Assim como as estações do ano, há tempo para florescer e para perder as folhas, tempo de aquecer as relações e para esfriar o ânimo. Mas não perca a esperança, porque o inverno frio e cinzento logo dará lugar às cores das mais belas flores.

Respire fundo e faça um reencontro com os seus motivos, recupere o sabor do propósito perdido e reconcilie-se com o primeiro amor deixado de lado, aquele que o fazia ter a certeza do amanhã e até da eternidade. Sem este amor, restam apenas dúvidas e raros momentos felizes intermitentes, com espaços de tempo entre eles cada vez maiores, deixando a vida vazia e sem valer a pena.

Deixe o orgulho de lado, quem nunca errou? Os braços de quem um dia ficou com saudades ficaram bem abertos, olhando pra esquina, para o relógio, esperando apenas o momento de novamente aquecer o colo com a sua presença.

Agora é a hora!

Nenhum comentário:

Postar um comentário