quinta-feira, 31 de maio de 2012

Questões resolvidas de TGA I

Universidade Estadual do Piauí (UESPI)
Modalidade: Ead
Nivelamento: Teorias da Administração
Curso: Bacharelado em Administração Pública
Professor: Rodrigo Ribeiro Costa Cavalcante
Tutora: Lília de Sousa Rodrigues Vieira
Aluno: Ernandes Pereira Rodrigues
Turma: 477102



1 – Enumere e caracterize os diferentes tipos de organização, segundo Chiavenato, Maximiano e Megginson.

Ø  Linha ou linear: caracterizado como um dos modelos mais antigos, pois já era utilizada pelos exércitos antigos e outras organizações medievais tais como as religiosas e eclesiásticas. Tem a forma piramidal ou verticalizada, na qual deixam claras as linhas de autoridade, comando, comunicação, ordem e obediência. Incluem também como características a centralização, as regras e sistemas de punições.
Ø  Funcional: este tipo de organização aplica os princípios da especialização funcional e tem como características a autoridade funcional de acordo com a área (recursos humanos, operações jurídico, informática, atendimento), de forma horizontal, ou seja, no mesmo nível. Apresenta linha direta de comunicação com o responsável pela área, como também a descentralização das decisões para cada função, ao invés de centralizar na alta administração.
Ø  Linha- assessoria (ou staff): “é o resultado da combinação dos tipos de organização linear e funcional para incrementar as vantagens desses dois tipos de organização e reduzir suas desvantagens.” ( Chiavenato, 2006, p. 112). Assim podemos observar este modelo onde existe posição de assessoria para servir aos departamentos de linha básicos a fim de alcançar os objetivos da organização de forma mais eficaz.
.

2 – Enumere e caracterize os diferentes tipos de departamentalização estudados, mencionando, ainda, em que situações cada modelo seria mais adaptado.

Ø  Departamentalização funcional: Agrupa funções comuns ou atividades semelhantes para formar uma atividade organizacional. Definida por Luther Gulick em 1937, este tipo de departamentalização ocorre quando reunimos pessoas em um mesmo trabalho, em um mesmo processo, para uma mesma clientela, em um mesmo lugar. Assim, todos os indivíduos são agrupados conforme a sua semelhança nas funções, por exemplo, o pessoal de vendas, o pessoal de contabilidade, o pessoal de marketing, etc.
Ø  Departamentalização por produto: É uma forma pela qual são agrupadas as funções associadas a uma única linha de produtos. A departamentalização por produtos e serviços ocorre geralmente na indústria de bens de consumo, pois gera uma facilidade maior para a criação de novos produtos, além de facilitar a coordenação dos resultados individuais dos produtos e serviços da empresa. Porem dificulta a coordenação geral dos resultados, além de gerar uma disparidade de poder entre funcionários de mesma hierarquia;

Ø  Departamentalização territorial: às vezes chamada de regional, por área, ou geográfica, consiste no agrupamento de atividades de acordo com os lugares onde são localizadas as operações. Quando agrupada permite uma divisão focalizada nas necessidades específicas da região, como cultura, tradições, costumes e valores, no entanto, exige um grau considerável de coordenação e controle da administração em cada região. Este tipo de departamentalização é uma característica da área mercadológica e de produção, que visam distribuir melhor a captação do mercado criando filiais e agencias distribuidora ou da área de produção criando fabricas e instalações territorialmente para melhor utilização dos recursos locais. De acordo com Chiavenato, essa forma de departamentalização “é mais indicada para a área de produção (operação) e vendas”.

Ø  Departamentalização por cliente: consiste em agrupar atividades de tal forma que focalizem o uso de um determinado produto ou serviço. Esse método é utilizado, principalmente, no agrupamento de vendas ou serviços. É indicada quando o negócio depende de diferentes características de produto que variam o tipo de acordo ou tamanho do cliente. Permite a organização concentrar seus conhecimentos sobre as necessidades. Por exemplo, as lojas de departamentos podem ter uma loja de jovens, além de departamentos infantis.

Ø  Departamentalização por processo: é o agrupamento de atividades que focalizam equipamento ou processo de produção. Em palavras, podemos dizer que é conjunto de atividades estruturadas e destinada a resultar em um único produto especificado para um determinado cliente ou mercado. É uma ordenação específica das atividades de trabalho no tempo e no espaço, com um começo, um fim, e entradas e saídas claramente identificadas. Frequentemente utilizada nas empresas industriais nos níveis mais baixos da estrutura organizacional das áreas produtivas ou de operações. Sua diferença se faz pela sequencia do processo produtivo ou operacional, ou, ainda por meio da utilização racional dos equipamentos disponíveis.

Ø  Departamentalização matricial: é um tipo híbrido de departamentalização onde a pessoa de várias especialidades é agrupado para completar tarefas de tempo limitado. Surge comumente de um ou mais tipos de departamentalização e é usada em respostas a exigências em caso de combinações especiais de habilidades e especializações diferentes na organização. Esse tipo de departamentalização é mais adaptado as empresas que realizam projetos que necessitam de um trabalho integrado e altamente tecnológicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário