sábado, 5 de maio de 2012

I fórum de Teorias das Finanças Públicas

Imagem de DIEGO CORDEIRO DE OLIVEIRA
FORUM UNIDADE II
por DIEGO CORDEIRO DE OLIVEIRA - terça, 3 abril 2012, 11:59
 Relacionar a Lei de Wagner com a Carga Tributária.

nands,jpg
Paralelo entre Carga Tributária e Lei de Wagner
por ERNANDES PEREIRA RODRIGUES - domingo, 15 abril 2012, 15:04
 A carga tributária, que é dada pela relação entre a arrecadação tributária e o Produto Interno Bruto (PIB), propicia uma das formas de medirmos o tamanho da intervenção do Estado na economia.
Na medida em que um país se desenvolve nos seus aspectos culturais, políticos, econômicos, sociais, etc., as funções do governo ampliam-se através de novas formas de intervenção na atividade econômica, quais sejam: como protetor, regulador e por último, produtor de bens e serviços.
Um aspecto importante da argumentação de Wagner é que o crescimento das despesas públicas é decorrente da expansão das atividades do Estado, e esta, por sua vez, é consequência do progresso social.
Como resultado do desenvolvimento econômico, o Estado tem de crescer suas atividades a fim de assegurar a manutenção e o aperfeiçoamento da qualidade dos serviços públicos que ele provê.
em busca dos sonhos!!!
Re: FORUM UNIDADE II
por KARLA VALERIA PEREIRA GAMA - quinta, 12 abril 2012, 16:21
 Fiquei um tanto confusa quanto a este tema, mas entendi o seguinte: a carga tributária é a variação entre a arrecadação tributária e o PIB; no que tange a arrecadação, esta é feita pelo Estado, já o PIB tem principalmente a participação das demais empresas por representar a soma do que é produzido em bens e serviços dentro de um limite territorial e temporal. Então quanto maior a arrecadação e maior o PIB maior será a carga tributária, isso numa relação de lógica pois não é bem isso o que acontece, porém assim relaciono porque a Lei de Wagner define entre seus princípios que quanto mais se desenvolve economicamente, pelo aumento nível de renda per capita e por consequência o poder de compra portanto a industria e a urbanização também, um país ou região maior deverá ser a produção de bens públicos e com qualidade, numa relação de proporcionalidade direta
eu
Re: FORUM UNIDADE II
por FABIA SOUSA NERY - quinta, 12 abril 2012, 20:28
 
A Lei de Wagner circunstancia que o desenvolvimento econômico determina benefício pela ampliação de gasto público. Visto que, quanto mais o governo investe na sociedade ofertando melhoria nos indicadores sociais, maior será a participação do setor público nesse sistema econômico. E aatuação da administração é caracterizada tanto pelos gastos por ele efetuados como pela arrecadação de recursos, através de tributos (impostos, taxas e contribuições) feitos nas três esferas de governo. Portanto há uma afinidade entre a Lei de Wagner e a Carga Tributária, onde a Lei de Wagner demanda investimento econômico e deste, são recolhidos os tributos.
Imagem de VALENTIM SALES COSTA
Re: FORUM UNIDADE II
por VALENTIM SALES COSTA - quinta, 19 abril 2012, 21:40
 O que é carga tributária? seria a relação entre o que o governo arrecada em impostos e a riqueza produzida no país. Enquanto a lei de Wagner informa que se não há crescimento na administração, portanto não há crescimento econômico.
Portanto no meu entendimento a relação entre carga tributária e a lei de Wagner é percebido que enquanto a lei de wagner demanda investimento econômico, a carga tributária demanda recolhimento de tributos como inpostos taxas e outros. Por isso as relação entre uma e a outra é um paralelo ou seja se uma não vai bem consequentimente a outra tambem não.
William
Re: FORUM UNIDADE II
por WILLIAM TAVARES DE LIRA - terça, 17 abril 2012, 16:16
 
Poderíamos caracterizar a relação da Lei de Wagner com a carga tributária como um típico caso de causa e efeito ou até mesmo como exemplo da dialética heigeliana. A partir do momento em que há um constante desenvolvimento de uma nação, juntamente com suas classes sociais, isso vai requerer uma certa mudança em seu processo tributário, pois as pessoas irão exigir cada vez mais dos serviços públicos e para que os administradores atendam essas exigências, será necessário que a carga tributária seja redimensionada e em alguns casos melhorada. Hoje no Brasil com a ascensão da classe C, o governo deveria repensar numa reformulação na carga tributária do nosso país, já que nessa evolução das classes sociais,seus integrante estão mais exigentes e também mais conscientes de seus direitos de cidadão. No caso especifico do Brasil, o problema não é a arrecadação de tributos e sim a forma com que ele é utilizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário